Microagulhamento: ajuda a amenizar manchas e deixa a pele incrivelmente renovada

Microagulhamento: ajuda a amenizar manchas e deixa a pele incrivelmente renovada

A redução de cicatrizes de acne, de rugas e de estrias também são indicações do tratamento

Com o auxílio de agulhas bem fininhas o Microagulhamento estimula o colágeno da pele e atenua sinais de envelhecimento. Com  pequenas perfurações causadas, é possível a redução da pigmentação de manchas, especialmente do melasma. Estudos recentes mostram melhora considerável em manchas de melasma resistentes a outros tratamentos, ela é realizada, inclusive, com o auxílio de um equipamento chamado Roller, que tem cerca de 200 agulhas, facilitando a aplicação. O Microagulhamento tem como principal objetivo a indução percutânea de colágeno, a angiogenese (criação de vasos sanguíneos novos) e um aumento da vasodilatação, fazendo com que haja uma melhora de oxigenação e nutrição nos tecidos.

As indicações do tratamento são diversas, mas as principais são:

Redução do melasma;
Redução de cicatrizes de acne;
Redução de rugas;
Redução/melhora de estrias;
Melhora de poros e textura da pele;
Redução de cicatrizes traumáticas e/ou cirúrgicas.

O microagulhamento pode ser indicado para rejuvenescimento facial, tratamento de estrias, manchas, além de alopecia e flacidez.

Vale ressaltar que o microagulhamento pode ser utilizado tanto no rosto, como em outras partes do corpo, inclusive no couro cabeludo, para estimular a circulação sanguínea da região.

Como é feito o Microagulhamento?

Primeiramente fazemos uma higienização e assepsia da pele. Depois, escolhemos a agulha a ser utilizada de acordo com o tratamento proposto. O Roller é passado na pele nas quatro direções, cinco vezes cada. Durante o Microagulhamento, utilizamos um cosmético apropriado para o tipo de pele e tratamento. De acordo com a necessidade, são utilizadas agulhas de diferentes tamanhos: para lesões superficiais, agulhas menores; para lesões profundas como cicatrizes, agulhas mais longas.

Após o procedimento, há um inchaço de leve a moderado, e vermelhidão na pele que varia de acordo com a intensidade da aplicação. A recuperação costuma ser mais rápida em comparação ao laser.

Vale reforçar que, por se tratar de procedimento invasivo, o microagulhamento ou IPCA deve ser realizado por um profissional habilitado para isso, a fim de garantir a correta avaliação de indicações e contraindicações, além de prevenção e complicações. E na Ares Estética temos os melhores profissionais da área.

Faça hoje mesmo sua AVALIAÇÃO GRATUITA.

Share

AGENDE SUA CONSULTA GRATUITA.